Ansiedade: quem nunca?

03 dez 2015

{ Noiva }

Bom, hoje vou escrever aqui sobre um tema bem conhecido pelas noivas: ansiedade.

Lembro que quando me casei (há mais de 07 anos) já sofria desse mal. Na verdade, não lembro de ser uma noiva estressada ou nervosa. Isso de jeito nenhum. Era até bem tranquila pelo que eu sei e pelo que escuto dos fornecedores que viraram amigos hoje em dia.

Lembro apenas de uma leve – mas não menos importante – ansiedade que me consumia por dentro. E que caminhou comigo por meses como um frio na barriga que só foi solucionado no dia em que vi que tudo saiu exatamente como sonhei. E graças à Deus consegui conduzir esse sentimento de uma forma saudável e pude curtir cada preparativo de forma única e inesquecível. Mesmo!

E falo isso porque até hoje lembro das reuniões deliciosas que tínhamos (eu e o Fábio) com os fornecedores e de como tudo foi leve e divertido.

Mas que fique claro: a ansiedade é um sentimento comum (e relativamente normal) demais para as noivas.

É um sentimento que envolve o medo de que algo não saia como esperado, a angústia com fatos inusitados que antecedem o grande dia e os atropelos que são comuns a qualquer preparativo de evento.

Frio na barriga e tensão com fornecedores deixam qualquer noiva à flor da pele.

Por isso, como sempre digo, nada como se cercar de profissionais competentes e que passem segurança para as noivas. Porque sem dúvida alguma, é isso que fará a diferença. Afinal, quando estamos cercados de gente boa, não tem como dar errado!

Enfim, acho que consegui reunir aqui algumas “lições” como ex-noiva e “observadora mundial do universo casamento”, rsrs.

Alguns pontos que considero fundamentais para os momentos pré casamento e que amenizam um pouco “essa tal” de ansiedade:

– Antes de mais nada, tenham tranquilidade na alma. Tranquilidade real porque tudo foi feito com amor, dedicação e muito empenho.

Serenidade para tomar as decisões importantes e para que mantenham a calma nos momentos certos.

Pensamento positivo, porque não me canso de repetir, que o pensamento comanda o mundo. Pensem sempre que vai dar certo, porque vai mesmo! Nem cogitem o contrário, por favor!

– Não coloquem “caraminholas” na cabeça, não criem situações ou fiquem imaginando o que não pode – de fato – acontecer.

– Mais uma vez: contratem profissionais e fornecedores de total confiança, que não gerem qualquer sombra de dúvida ou dor de cabeça futura nem por pensamento.

– Apenas relaxem. Se algo não sair como programado, é apenas porque o “casamento pediu” que fosse diferente. Muitos acontecimentos são programados em nossas cabeças, mas no dia as coisas fluem de outra forma e às vezes mudar a ordem (ou horários) do que foi programado faz tudo correr melhor…!

– Não temos bola de cristal, certo?! Não arranque os cabelos por conta de uma provável chuva. Se prepare caso ela venha. O investimento é maior, mas sem dúvida alguma, vai valer à pena (mesmo que a chuva não venha).

– E a minha última dica e mais importante delas: sejam convidados do próprio casamento. Nada como noivos que curtem o grande dia com intensidade real, que sabem aproveitar cada segundo, que esquecem das preocupações, que dançam e se divertem com os amigos e familiares. E principalmente, que tem noção do quanto aquele dia foi esperado.

Enfim, o dia pode até passar rápido (infelizmente passa mesmo). Mas quando temos conosco pelo menos um pouco de tudo que está descrito acima, conseguimos curtir os momentos pré casamento (que já fazem parte do sonho) e melhor, conseguimos fazer com que o grande dia seja absolutamente inesquecível em todos os sentidos.

Aproveitem as dicas e controlem a ansiedade. Vai valer à pena, eu garanto!

noiva ansiosa1 Ansiedade: quem nunca?

Beijos,

Natacha.

Ansiedade: quem nunca?
Vote neste post!
0

0 Comentário

Não há comentários cadastrados.

Deixe seu comentário

*