Uma linda história de amor

05 dez 2016

{ Etc. e tal... }

Oi pessoal,

Hoje vou trazer para vocês aqui uma história muito especial. Danilo e Julliana. Um casal que batalhou para estar junto, um amor bonito de se ver. Quem os conhece de pertinho diz que eles transparecem um amor forte e cheio de luz! Que emociona e encanta…!

A história comoveu muitas pessoas que se empenham em ajudá-los. E quando é para o bem e pelo bem, tudo flui, vocês não acham?! Na vida, temos tantos exemplos disso.

E quando a Isabela (uma amiga) me contou a história e sugeriu que eu a trouxesse para o blog, nem hesitei! Porque acredito que o amor vence tudo! Mesmo! Qualquer dificuldade e qualquer obstáculo! E que assim seja…!

Que eles tenham o casamento dos sonhos, que recebam muitas bençãos e alegrias. Que sejam verdadeiramente felizes, cúmplices e companheiros de vida!

O casamento está bem próximo (dia 11/12) e, se pudermos ajudá-los de qualquer maneira, já terá valido à pena! Acompanhem um pouco dessa linda história de amor:

“2006. Estrutural, DF. Eles se conheceram. Ela, Julliana, 9 anos, ele, Danilo, 13. Nessa época, ele era apenas um amigo da família.

Abre um parêntese: pouco tempo depois de se conhecerem, para ser mais exato, dezembro de 2006, Julliana sofreu um AVC por ter nascido com má formação no cérebro.
Família aflita, coma, UTI, cirurgia, medicamentos, drenagem de sangue, lá se foram oito dias. Quarto de recuperação, mais dez dias. Memória pedida, parte da cabeça raspada, cadeira de rodas, ela volta para casa, família aliviada. A perda parcial da movimentação do lado esquerdo do corpo não impediu Julliana de fazer o que gostava: estudos, balé (Ah, o Danilo já fez balé com ela!), natação… fecha o parêntese.

Danilo foi se aproximando e aos poucos conquistou a amizade dos pais e o coração da filha. Julliana e Danilo se tornaram melhores amigos. Ele diz que ela desde de pequena já gostava dele. Ela nega, diz que começou a gostar dele só depois dos 14 anos.

Outubro de 2014, Danilo preparou uma surpresa simples e bonita para pedir sua melhor amiga em namoro. Sem que ela soubesse ele planejou um piquenique. Fez os sanduíches em casa, comprou flores e suco. Ele pediu para que ela o encontrasse numa fonte de águas que fica próxima à Torre de TV em Brasília. Enquanto ela o aguardava, ele se aproximou lentamente por trás dela e com flores a surpreendeu. “Percebi o brilho dos olhos dela”, diz ele. De lá foram para o Parque da Cidade e encontraram um local ideal, gramado e debaixo de uma árvore. Toalha estendida, lanche espalhado… Ele a pediu em namoro, ela aceitou em meio à lágrimas de alegria. Por querer tanto ouvir esse pedido, ela não desconfiou de absolutamente nada. “Parecia ser só mais uma das surpresas que ele fazia para mim” diz ela. Um abraço e um beijo. Deu certo. Agora namorados.

Oito meses depois, dia dos namorados: o pedido de casamento. Outra surpresa. Uma semana antes ele já tinha ido comprar as alianças com a mãe da Ju. Tudo estava planejado. Era pra parecer apenas um jantar de dia dos namorados. E pareceu, até o momento em que o Danilo declarou mais uma vez seu amor e a pediu em casamento. Deu certo de novo. Agora noivos.

Mas nem tudo deu tão certo assim. A primeira tentativa de se casarem deu errado porque o Danilo ficou desempregado. A segunda, deu errado de novo, não conseguiram construir a casa num sobrado que a mãe do Danilo tinha cedido. A terceira tentativa, errado de novo. A quarta, não foi diferente. Eles não se lembram exatamente de quantas vezes marcaram datas, planejaram e desfizeram planos. Diantes de tantas tentativas decidiram apenas casar no cartório. Foi quando uma amiga querida, a Paulinha, conversou com o casal e ofereceu ajuda para realizarem o casamento religioso. Quanta alegria. Agora vai!

Familiares, amigos, igreja e desconhecidos (que se tornaram conhecidos e queridos) estão ajudando esse casal. A igreja cedeu o salão, os amigos do Danilo alugaram a roupa do noivo. Sabe a Paulinha? Então é madrinha e ajudou com o vestido da noiva. Um amigo do pai do noivo fez as alianças, o irmão do noivo ajudará com a decoração, a prévia foi por conta dos talentosíssimos fotógrafos Nayane e Gabriel, e a Fran (que mulher incrível!) mãe da fotógrafa e amiga querida e especial, gentil e velozmente está correndo atrás de todos os preparativos e está dando todo apoio possível para realizar o sonho desse lindo casal. Só chá de panela foram três: a mãe fez um, as primas, outro e as mulheres da igreja, outro.

Atualmente, Danilo estuda Tradução na Universidade de Brasília e faz estágio em um órgão público. A Julliana terminou o Ensino Médio, trabalha como babá e pretende fazer faculdade. Ela está indecisa. Francês ou Nutrição?

O casamento está marcado para o dia 11 de dezembro de 2016 (eita! falta só uma semana!!!). E o casal está precisando de uma ajudinha para mobiliar a casinha deles. Falta cama, guarda roupa, geladeira, armário e fogão.”

danilo e julliana Uma linda história de amor

Quem quiser ajudar o casal com qualquer contribuição para o casamento que acontece no próximo dia 11 de dezembro ou até mesmo na construção da vida nova deles, entrem em contato pelo email: danilomiranda.san@gmail.com

Uma linda história de amor
Vote neste post!
4

4 Comentários

  1. Lisle Heusi de Lucena

    6 de dezembro de 2016 às 2:41

    Que linda história de amor!! Com certeza terão ajuda e proteção de Deus para realizarem todos os sonhos deles! É só acreditar! Nunca podemos perder a esperança quando temos amor no coração. O auxílio virá, primeiramente dos Céus, permitindo que pessoas bondosas apareçam e os ajudem a realizar este sonho!

    Vai dar tudo certo! Parabéns Natacha, pela sua sensibilidade e vontade em fazer o Bem para quem merece! Vamos divulgar e compartilhar para que muitas pessoas possam ter conhecimento desta linda história de amor e perseverança! Compartilhando, estaremos também ajudando ao casal!

  2. Fernanda

    6 de dezembro de 2016 às 7:50

    Como faço pra compartilhar no face?

  3. Natacha

    6 de dezembro de 2016 às 11:20

    Isso mesmo, mãe!!! Amei seu comentário! <3

  4. Natacha

    6 de dezembro de 2016 às 11:21

    Oi Fernanda! Vc só precisa copiar o link do post na sua página do Face ou clicar abaixo do post no ícone de compartilhamento do Facebook!
    Muito obrigada! 🙂

Deixe seu comentário

*