Dicas para casamentos em Fernando de Noronha

21 fev 2018

{ Destination Wedding }

Olá pessoal!

Bom, hoje trouxe para vocês algumas dicas que vão ajudar muitos os casais que procuram o paraíso de Fernando de Noronha para se casar. 

Desde que voltei de lá em dezembro de 2017 (quem não viu o post com as fotos do casamento da Fernanda e do Ricieri corram aqui) que penso em fazer este post especificamente para ajudar e orientar aos noivos com dicas baseadas experiência que eu tive. Espero que possa ajudar!

Bom, vamos lá!

1) Se você é uma noiva muito perfeccionista, tente relaxar (pelo menos um pouco). Fernando de Noronha possui, além de uma beleza natural surreal, uma estrutura fora dos padrões que estamos acostumados para realização de um evento. Ou seja, muitas vezes o que você planeja para o seu grande dia, pode “sair do trilho” por conta da infraestrutura do local, ou até por conta de fatores climáticos (que lá mudam com muita facilidade);

2) Não espere que seu casamento seja carregado das mais variadas flores, com arranjos raros e enormes ou com flores frágeis. Definitivamente, além de não combinar com a Ilha, não é nada fácil transportar flores para Noronha. Existe uma burocracia enorme para isso. E mais, esse tipo de flores (mais frágeis) não teriam durabilidade suficiente para permanecerem intactas com toda essa dinâmica necessária para o transporte e movimentação até o dia do casamento. Por isso, opte pelas flores com maior durabilidade, arranjos mais simples e/ou folhagens que sem dúvida, não terá erro nem maiores preocupações;

3) Organize o transporte das mercadorias (itens de decoração, lembranças para os padrinhos, lembranças dos convidados, mimos em geral) com a antecedência necessária. Além do custo ser alto (pode ser algo que não estejam planejando com a devida importância), existe um prazo para esse transporte, horários específicos de entrega, regras absolutamente especiais e muito mais a ser observado.

Dica: A Gollog foi impecável no transporte que utilizamos e deixo aqui para vocês as informações válidas em dezembro de 2017 para despachar de Brasília para Noronha:

Horário de funcionamento: de segunda a sexta de 5h às 23h59 e sábado de 8h às 16h.

Serviços de envio: 

– Convencional – entrega em 03 dias

– Expresso – entrega em 48 horas

– Próximo vôo – entrega em 24 horas

** o valor é calculado de acordo com o serviço de envio escolhido, peso do que for despachado e dimensões das caixas. O cálculo é feito na hora do envio.

** Os itens já devem ir embalados, dentro das caixas, pois eles não tem esse serviço (nem as caixas).

** É necessário nota fiscal do que for despachado para que seja feito o seguro de viagem (que dá a garantia de que as mercadorias vão chegar).

** Não podem (nem devem) ser despachadas mercadorias de vidro ou que quebram com facilidade.

** Telefone para contato em Brasília: (61) 3364-9998 (a Paula foi super eficiente e a Raquel muito atenciosa).

4) Uma dica que considero muito especial, é para que vocês se cerquem de pessoas bacanas na Ilha. Profissionais com boa vontade e que possam dar o suporte necessário – já que a distância definitivamente não é um facilitador e que o contato telefônico (ou por whatasapp) muitas vezes fica impossível pelo sinal de baixa qualidade por lá. Sempre digo que com boas referências e indicações, conseguimos juntar o melhor do melhor dos times. Façam isso. Se informem, pesquisem, façam buscas e com certeza chegarão a melhor equipe de Fernando de Noronha. No post que fiz aqui do casamento da Fernanda e do Ricieri, menciono nosso “time de ouro” para a realização do casamento.

5) A Capela São Pedro dos Pescadores em Noronha é bastante disputada e precisa de reserva com a maior antecedência possível. A reserva deve ser feita diretamente com o Padre Flávio que reside em Fernando de Noronha e atende pelo celular.

6) Se forem reservar pousadas domiciliares para os fornecedores (que serão levados de fora para o casamento), sugiro que pesquisem por referências também. De preferência, se puderem fazer uma visita com antecedência nas pousadas para checarem se os fornecedores terão o conforto necessário para os dias de trabalho na Ilha, considero o ideal. Não é preciso luxo (de forma alguma, não é isso que estou dizendo), mas o mínimo de dignidade é fundamental. Afinal, os profissionais vão dedicar horas e horas de trabalho e precisam de boas noites de sono,  um bom banho e enfim, um mínimo de dignidade mesmo. Digo isso, porque Fernando de Noronha tem milhões de pousadas e muitas dentre as que são ofertadas em sites de buscas não condizem com a realidade do que mostram as fotografias.

7) Para os convidados, sugiro também que tenham uma lista com sugestões de pousadas. É educado e gentil da parte dos noivos, que façam uma pesquisa e busquem por referências para que os convidados fiquem confortáveis nos dias que estiverem na Ilha. A lista deve variar entre locais com bom custo X benefício e pousadas mais luxuosas (tem várias em Fernando de Noronha), pois podem atender a qualquer um dos perfis de convidados.

8) Um guia com dicas de passeios e informações úteis pode ser preparado pelos noivos como gesto de cordialidade para a família e os amigos. Além disso, é muito bacana que uma sugestão de programação seja montada para os dias reservados para a celebração do casamento. Afinal, muitos nunca foram em Fernando de Noronha e é uma excelente oportunidade para fazerem passeios inesquecíveis juntos.

9) Em Noronha tudo custa caro. Não esperem gastar pouco. Isso é quase impossível. Os custos com um casamento então…! Preparem-se para isso!

10) Invistam na beleza natural do local. Tentem fazer pelo menos um evento ao ar livre durante os dias que estiverem por lá, nem que seja o Welcome Drinks para os convidados, com vista para a praia, no pôr do sol. Aproveitem o que a Ilha tem de melhor a oferecer: beleza de sobra.

11) É muito fácil se conseguir táxi na Ilha e quase todas as corridas custam o mesmo preço (não é barato, mas é fácil se locomover, pois os táxis costumam chegar com bastante agilidade) – Dica: Telefone do Rádio Táxi de Noronha – (081) 3619-1314.

12) Caso possam, aluguem um buggy que fique à disposição de vocês por lá. Podem pagar a diária e ficam com o transporte resolvido – Dica: Telefone Morro do Farol Buggys – (081) 3619-0127.

13) Para as noivas que vão se casar na Capela, sugiro cabelo preso (ou pelo menos meio preso) nas cerimônias, pois o vento é surreal (muito forte). Sem dúvida alguma, com o cabelo preso, as noivas ficarão mais confortáveis e estarão mais adequadas para a ocasião.

14) Outra dica fundamental é para que invistam em sonorização. Na capela, principalmente. Pois com o vento, é absolutamente necessário que uma boa sonorização faça parte do cenário, para que o celebrante seja ouvido pelos convidados e se tiver música ao vivo, para que o (a) cantor (a) também seja ouvido (a) com a qualidade merecida. Dica – O Ricardo Dantas (Buiu) que reside em Fernando de Noronha, executa o trabalho de sonorização com a perfeição necessária e é um super querido.

15) Para as noivas – optem por vestidos mais leves e com fluidez. Afinal, estamos falando de praia, areia, vento… E enfim, estamos falando de Fernando de Noronha.

16) Procurem contratar ao menos alguns fornecedores locais ou que estejam por perto de Noronha, como Recife, por exemplo. O custo (aéreo/hospedagem) sairá mais baixo e a logística de transporte (no caso de doces, por exemplo) será mais fácil também. Dica: Existem doceiras maravilhosas em Recife, como a Lana Bandeira e a Lucinha Cascão. Super recomendo. E mais, recomendo que incluam no rol de doces de vocês, os doces regionais, como o bolo de rolo, que é feito com tanto capricho pelas doceiras de Recife.

17) Lembranças e mimos para os convidados (para deixar nas pousadas ou para o dia do casamento) como chapéus (para a praia) leques e sombrinhas (para o caso de muito sol e calor na cerimônia) e repelentes (Noronha costuma ter pernilongos) são ideias maravilhosas.

18) Todos que pisam em Fernando de Noronha, pagam uma taxa de permanência por dia para ficarem na Ilha – em dezembro de 2017 a taxa estava em torno de R$ 67,00 por dia. É importante que coloquem esse valor na planilha de gastos de vocês. Não é tão fácil conseguir isenção da taxa, nem mesmo para quem vai a trabalho. De qualquer forma, se informem sobre o processo de solicitação de isenção, pois vale a tentativa no caso de muitos fornecedores de fora.

19) Em Noronha não se tem muita estrutura médica. Eles tem por lá um pronto socorro (um pequeno hospital) que é um apoio para casos de primeiros socorros apenas. Mas sugiro que levem um kit básico de medicações para qualquer imprevisto e também que avisem aos convidados mais idosos sobre cuidados básicos e remédios importantes de uso frequente.

20) Se pudesse resumir todas essas dicas em apenas uma, diria aos noivos para que por favor, não se estressem. Fernando de Noronha é uma Ilha, tem uma dinâmica especialmente peculiar, funcionamento e infraestrutura que não são ideais para realização de eventos como estamos acostumados em grandes cidades e o sinal de telefones celulares não colaboram como gostaríamos na maioria das vezes. Enfim, perrengues existem de fato. Mas tudo isso compensa tanto. Garanto à vocês. Aquele lugar é mágico, tem uma energia especial demais, astral delicioso e um visual que poucas vezes vi nessa vida. Lindo e inesquecível!

Aproveitem as dicas e sigam firmes nos preparativos para o dia mais especial e único da vida de vocês naquele paraíso que é Fernando de Noronha.

 

 

Fotos: Celso Júnior e Ueslei Marcelino.

0

Cálculo de bebidas para casamento

20 fev 2018

{ Bedidas/Drinks }

Oi pessoal!

Bom, como essa é uma dúvida muito comum entre os noivos, resolvi deixar registrado aqui para vocês, como deve ser feito o cálculo de bebidas por convidados para um casamento.

Vamos lá! Anotem!!!!

– Espumante: 01 garrafa para cada 03 convidados (lembrando que, quando o espumante é de melhor qualidade, o consumo é maior)
 
– Vinho tinto: 01 garrafa para cada 10 convidados
 
– Whisky: 01 garrafa para 10 convidados
 
– Vodka: 01 garrafa para cada 10 convidados (o cálculo de vodka é o mais influenciado pela faixa etária dos convidados, pois jovens costumam beber mais).
 

– Para cerveja, geralmente costumamos calcular da seguinte forma:

– 01 garrafa de cerveja por convidado, caso forem servidos apenas cerveja, refrigerante e água;

– 01 garrafa de cerveja para cada 04 convidados, se houver vinho tinto e branco;

– 01 garrafa de cerveja para cada 06 convidados se tiver vinho (ou espumante), vodka e whisky. 

Considerem mais alguns pontos fundamentais:

– No inverno, o consumo o vinho tinto é maior do que no verão;

– Se for servido um bom champagne no lugar de um espumante, o consumo também é maior;

– Peçam para o buffet de vocês sugerir a quantidade de bebida ideal e acreditem, a dica deles vale ouro;

– Para o caso das bebidas em consignação, vale pela segurança e garantia de que não vai faltar bebida na festa. As bebidas lacradas e não geladas, podem ser devolvidas ao final do evento, sem prejuízos.  Mas nem sempre é possível conseguir essa consignação;

– Lembrem-se que é melhor que priorizem a qualidade das bebidas, do que a variedade delas. Assim evitam a ressaca do dia seguinte. E outro ponto importante: se vão servir um tipo de bebida, tenham dela para toda o evento. Exemplo comum: comprar espumante apenas para o brinde dos noivos. Não façam isso. Sempre terá um convidado falando que o espumante acabou antes mesmo da festa começar.

 

Foto: 100layercake.

0

Rabo de cavalo

19 fev 2018

{ Penteados }

Oi oi pessoal!

Esse é um modelo de rabo de cavalo perfeito para qualquer evento.

Salvem já nas pastinhas de inspirações de vocês…!

 

Foto: Reprodução.

0

Mini bolo {com orquídea}

16 fev 2018

{ Lembrança aos Padrinhos/Madrinhas }

O mini bolo feito com orquídea de açúcar é simplesmente encantador. O que trouxe hoje para vocês verem é da Pati Piva (SP).

Uma ideia perfeita para lembrança dos convidados ou padrinhos.

Anotem essa dica!

 

Foto: Instagram @patipiva

0

O melhor está por vir

15 fev 2018

{ Etc. e tal... }

Oi oi pessoal!

Como foram de feriado?! Carnaval passou e muitos andam dizendo que o ano acaba de começar…

Bom, na realidade, por aqui o ano já havia começado com tudo há bastante tempo. Aliás, falando nisso, quem ainda não se atualizou dos posts do blog, não deixem de fazer isso, pois trouxemos assuntos imperdíveis nesse comecinho de ano por aqui. Quem acompanhou?!

Muitos temas bem interessantes foram abordados. Para quem não viu, basta que passem algumas páginas para trás e poderão ver tudo que postamos por aqui nos últimos dias. Façam isso!

E a mensagem que quero passar para quem está começando ou RE-começando o ano pós festas e carnaval é que para quem vai iniciar os preparativos do casamento, quem vai se casar nesse ano de 2018, quem acabou de ficar noivo e nem sabe por onde começar, apenas confiem, pois O MELHOR ESTÁ POR VIR.

Façam tudo que puderem para o grande dia ser perfeito dentro do que esperam, corram atrás do sonho de vocês, se cerquem de gente boa, de bons profissionais, boas equipes, boas pessoas e tudo, absolutamente tudo, sairá como esperado.

Não deixem de sonhar e muito menos de acreditar…!

 

Com carinho,

Natacha.

0